5 Dicas Fundamentais no Transporte de Grãos

19 de abril de 2021
capa transporte de grãos

Quando o assunto é transporte de grãos as transportadoras devem se preocupar com os principais desafios existentes no setor. Isso porque, é necessário tomar algumas providências com relação à redução de desperdício e assim garantir bom diferencial no mercado.

Além do mais, o modal rodoviário figura como o maior responsável por realizar o transporte a todas as regiões, e por esse motivo, significa que não há muitas alternativas. Desta forma, o escoamento adequado agiliza os procedimentos e evita-se perdas de mercadorias e como consequência reduz gastos financeiros.

Posto isso, para entender melhor, a seguir elaboramos 5 dicas fundamentais no transporte de grãos. Confira:

1- Transporte Adequado

Esse tipo de transporte exige uso de caminhões adequados, a fim de garantir eficiência em todo processo. E negligenciar esse fator aumenta o risco de perdas e desperdícios ao longo do trajeto, resultando em prejuízos financeiros consideráveis.

Diante disso, entre os principais desafios que ocorrem no transporte de grão estão o mau condicionamento da carga no veículo, excesso de peso e deixar a lona mal colocada. Por isso, com o transporte adequado evitam-se esses e outros problemas.

2 – Cuidados com a limpeza

Já com relação à estocagem dos grãos devem-se tomar todos os cuidados principalmente com a limpeza do local, pois quando inadequadas pode ocasionar riscos consideráveis. Como por exemplo, o produto e tornar impróprio para venda e consumo, além de prejuízos como a secagem correta, afetando a capacidade das máquinas e dificultando a passagem dos grãos pelos transportadores.

Sendo assim, a partir da limpeza eficiente são separadas as impurezas feitas previamente do sistema de secagem. E com a operação rigorosa evita a comercialização de sementes quebradas, defeituosas, imaturas, otimizando assim o serviço.

3 – Controle as pragas

Segundo pesquisas as pragas podem prejudicar bastante a efetividade das produções agrícolas, por isso ao armazenar aos grãos é crucial dar atenção a esse problema.

Devido a isso, os grãos têm características muito próprias e distintas entre si, e dependendo da espécie ficam vulneráveis a micróbios, insetos, ácaros, entre outros seres que prejudicam a produção tanto na qualidade como na quantidade. E quando estocadas mantenha atenção contra as pragas, pois continuam sendo risco eminente de perdas de mercadoria.

4 – Flexibilização dos modais

A saber, a flexibilidade dos modais deve ser considerada, já que mesmo o modal rodoviário sendo o maior responsável por esse tipo de transporte de carga, o ferroviário é excelente opção. Uma vez que apresenta custo acessível, riscos menores com adversidades e prazos de entregas razoáveis.

Todavia, esse modal só poderá ser utilizado dependendo da situação, dado que as ferrovias têm menor disponibilidade e só existe em determinados lugares do país.

5 – Utilize contentores

Os contentores são embalagens desenvolvidas para o acondicionamento dos produtos durante a armazenagem, manuseio e transporte, e também pode ser utilizado a fim de otimizar o envio de grãos.

Desse modo, existem vários modelos que buscam atender às necessidades dos clientes e assim garante maior segurança e contribui para desperdícios sejam minimizados, além de outros benefícios.

Portanto, essas são apenas algumas dicas essenciais no transporte de grãos e que certamente auxiliarão a otimizar o armazenamento, manuseio, transporte e entrega. Além disso, assegura maior eficiência no processo, e por isso a Contec realiza o transporte de grãos seguindo todas essas dicas e outros cuidados fundamentais.